Ciência e técnica na produção do corante do anil e da cochonilha no Rio de Janeiro colonial (1772-1789)

  • Alexander Lima Reis Universidade Federale do Estado do Rio de Janeiro

Resumen

Este trabalho foi desenvolvido no contexto da diversificação agrícola para exportação que ocorreu no Rio de Janeiro da segunda metade do Século XVIII. O objetivo do artigo é resgatar os processos técnicos e científicos que estavam associados as culturas do corante de anil e da cochonilha. Um conjunto de fontes –cartas, memórias e instruções– nos demonstrou que houve um empenho de décadas para se estabelecer o método correto da produção dos corantes, bem como apontando para um saber que se constituiu em solo colonial com pouca influência metropolitana. Nesse sentido, este texto contribui para os trabalhos atuais que pretendem revisar as atividades científicas do homem colonial.
Compartir
Cómo citar
Lima Reis, A. (2014). Ciência e técnica na produção do corante do anil e da cochonilha no Rio de Janeiro colonial (1772-1789). Meridional. Revista Chilena de Estudios Latinoamericanos, (3), Pág. 37-59. doi:10.5354/0719-4862.2014.33384
Sección
Artículos
Publicado
2014-10-26