• Ciência e técnica na produção do corante do anil e da cochonilha no Rio de Janeiro colonial (1772-1789)
  • Science and Technology in the Production of Indigo and Cochineal Dye in Colonial Rio de Janeiro (1772-1789)
Alexander Lima Reis

Abstrato

Este trabalho foi desenvolvido no contexto da diversificação agrícola para exportação que ocorreu no Rio de Janeiro da segunda metade do Século XVIII. O objetivo do artigo é resgatar os processos técnicos e científicos que estavam associados as culturas do corante de anil e da cochonilha. Um conjunto de fontes –cartas, memórias e instruções– nos demonstrou que houve um empenho de décadas para se estabelecer o método correto da produção dos corantes, bem como apontando para um saber que se constituiu em solo colonial com pouca influência metropolitana. Nesse sentido, este texto contribui para os trabalhos atuais que pretendem revisar as atividades científicas do homem colonial.

Abstract

This paper engages the context of the agricultural export diversification that occurred in Rio de Janeiro during the second half of the 18th century. The purpose of this article is to rescue the technical and scientific processes that were associated with the production of indigo and cochineal dye. A set of sources –letters, memories and instructions– demonstrate that for decades there was a commitment to establish a correct method of production of dyes, which indicates a knowledge elaborated in colonial soil with little metropolitan influence. In this sense, this paper contributes to current research that intends to review scientific activities of colonial men.

Palavras-chave

ciência; técnica; Rio de Janeiro; anil; cochonilha

keywords

science and technic; Rio de Janeiro; indigo; cochineal

Texto completo: PDF



DOI: